Depois de ser revelada ao público durante a noite de 21 para 22 de Novembro (quarta para quinta-feira), a Cybertruck foi recebida com alguma preocupação pelos mercados, o que levou as acções a abrir a cair 4,1% (340,16 dólares), depois de fechar no dia anterior a 354,83$. Durante o dia continuaram a cair até aos 330,23$, mas começaram a recuperar e fecharam a 333,04$.

Os analistas apontaram o dedo nuns casos à estética polémica, o que poderá afastar clientes, enquanto outros revelam preocupações devido ao baixo preço do modelo que, ao começar nos 39.900$, será comercializado pelo mesmo valor do mais barato dos Model 3, o que pode levantar dúvidas sobre a rentabilidade.

Bastaram 24 horas para sossegar o espírito dos mais preocupados com a popularidade da Cybertruck junto dos seus potenciais clientes, isto porque a Tesla anunciou ter recebido 146.000 encomendas, acompanhadas do respectivo sinal de 100 dólares, para a nova pick-up eléctrica. Isto significa que a marca poderá ter recebido, logo no primeiro dia, mais encomendas do que as unidades que vai conseguir fabricar no primeiro ano de produção.

Para termos uma ordem de grandeza, o Volkswagen ID.3 abriu as encomendas a 8 de Maio para recolher 10.000 clientes nas primeiras 24 horas, valor que cresceu para 15.000 ao fim de uma semana, encerrando nas 33.000 para a First Edition. Este é um valor similar ao atingido pela Porsche com o Taycan e ligeiramente inferior às 45.000 encomendas recebidas para o Mini Electric.

Das 146.000 encomendas, especifica a Elon Musk, “42% são da versão Dual Motor e 41% da Tri Motor”, perfazendo 83% da procura para as versões mais caras, comercializadas por 49.900$ (a primeira) e 69.900$ (a segunda). Isto significa que apenas 17% dos clientes preferiram a Cybertruck RWD, com apenas um motor e proposta por 39.900$.

Com este volume de encomendas, a Cybertruck apenas é ultrapassada pelo Model 3, que reuniu 180.000 reservas nas primeiras 24h, quando foi revelado em 2016, isto apesar de então a Tesla exigir um depósito mais substancial de 1.000$. A próxima comparação entre estes dois modelos da Tesla vai ter lugar em breve, quando se puder verificar o número de encomendas reunidas durante a primeira semana, em que o Model 3 angariou 300.000 clientes.