A entrevista de Virginia Giuffre ao programa “Panorama” da BBC vai ser transmitida esta segunda-feira à noite. A mulher que diz ter sido obrigada a ter relações sexuais com o príncipe André quando era ainda menor de idade falou com a estação de televisão britânica há um mês, mas só agora a conversa será disponibilizada. André teve entretanto oportunidade de se defender das acusações de Giuffre numa entrevista dada também à BBC, em novembro, o que terá deixado a alegada vítima “furiosa”. As justificações do duque de York foram, no entanto, consideradas um desastre pela imprensa britânica e terão levado o segundoi filho de Isabel II a abandonar as funções públicas.

O episódio do “Panorama” desta segunda-feira, intitulado “The Prince and the Epstein Scandal” (“O Príncipe e o Escândalo Epstein”), terá uma hora de duração e incluirá a primeira entrevista televisiva de Giuffre. De acordo com a BBC, o programa irá revelar novos pormenores sobre a relação da mulher, agora com 35 anos, com Jeffrey Epstein, que terá facilitado o encontro com André, e irá abordar o caso de Ghislaine Maxwell, a socialite que foi, durante anos, a companheira inseparável de Epstein e que agora se encontra em parte incerta. O The Sun está a oferecer uma recompensa de 10 mil libras por informações sobre o seu paradeiro.

Num curto trailer disponibilizado pelo “Panorama”, Giuffre afirma que o período em que conviveu com Epstein e André foi o mais assustador da sua vida. “Ele sabe o que aconteceu, eu sei o que o que aconteceu e só um de nós está a contar a verdade”, declarou a alegada vítima.

Uma vez que a entrevista a Virgina Giuffre foi filmada antes da concedida pelo príncipe, não incluirá uma resposta da parte da alegada vítima. Nas declarações que prestou ao canal de televisão, André negou ter-se envolvido com a então menor, explicando que num dos dias em que terá ocorrido um dos encontros sexuais estava “em casa com os filhos” e que levou um deles, a princesa Beatrice, a uma festa no restaurante Pizza Express, em Woking, entre as 16h e as 17h. O duque de York disse lembrar-se do que tinha feito no dia 10 de março de 2001 porque “ir ao Pizza Express em Woking” era “algo muito incomum”. Sobre uma fotografia que mostra André junto de Giuffre, o filho de Isabel II disse não ter qualquer memória de a ter tirado.

Príncipe André nega ter abusado de jovem de 17 anos. Nesse dia, tinha ido a uma pizzaria

As justificações do príncipe foram recebidas com descrença tanto no Reino Unido como nos Estados Unidos da América. O The Guardian chegou mesmo a referir-se a ela como “surpreendentemente estúpida”. Os advogados que representam dez vítimas de Epstein apontaram a falta de remorsos demonstrada pelo príncipe, mas também a sua defesa implausível e exigiram que falasse com o FBI.

A entrevista a Virgina Giuffre será emitida esta segunda-feira, às 21h, na BBC1.