O calendário da Hyundai estava definido, mas a Internet antecipou as datas.  A revelação do novo i20 vai ocorrer oficialmente no Salão de Genebra mas, a cerca de duas semanas do certame, já circulam na rede fotos de estúdio do utilitário sul-coreano.

Fazendo justiça ao teaser que o antecipava (imagem abaixo), o novo Hyundai i20 apresenta-se radicalmente diferente do modelo que se encontra à venda. E isso é positivo, pelo que aporta de personalidade ao novo produto sul-coreano que, esteticamente, aposta num visual mais desportivo. As seis fotografias que “caíram” online revelam um modelo que parece ser mais largo e mais comprido, mas mais baixo, precisamente para evocar um carácter mais racé. Recorde-se que o actual i20 mede 4,035 m de comprimento, 1,734 m de largura e 1,474 m de altura.

Visando conquistar o seu lugar num segmento deveras competitivo e onde a concorrência também está “fresca” (novos Renault Clio, Opel Corsa e Peugeot 208), a Hyundai joga a cartada do estilo. Na frente, o destaque vai para a nova assinatura luminosa, com os grupos ópticos (mais esguios) a serem colocados mais abaixo, encaixando-se num dos lados da grelha, que passa a ter um formato hexagonal e aumenta de dimensões. Atrás, um arranjo completamente distinto, agora com uma barra de luz a unir os farolins, também eles com um novo desenho, o que resulta num look mais audaz e dinâmico. Finalmente, quando visto de lado, o novo i20 destaca-se pela silhueta com uma frente mais mergulhante, sendo o pormenor mais chamativo a forma como a “vigia” (vidro fixo no pilar C) aponta para o óculo traseiro, sendo dele separado pelo que parece ser uma aplicação cromada que emoldura a base e a lateral traseira da superfície vidrada.

Em termos de motorizações, a novidade será a adição à gama de uma variante N, que montará sob o capot o quatro cilindros a gasolina 1.6 T-GDI, já conhecido do i30. De resto, a oferta a gasolina e a gasóleo deverá manter-se em linha com as alternativas que estão em comercialização, respectivamente o T-GDI de 1,0 litros com 100 e 120 cv e o 1.6 CRDi de 115 cv.

Sobre o interior não há nada a acrescentar, porque esta “fuga” se ficou pelo exterior. Mas sabe-se que o novo i20 vai adoptar um painel de instrumentos digital, bem como um ecrã ao centro, sensível ao toque, sendo que cada um dos displays mede 10,25 polegadas.