Uma mulher de 96 anos é a paciente mais velha a conseguir recuperar do novo coronavírus na Coreia do Sul. A sr. Hwang, que vive na província de Cheongdo, foi diagnosticada com a Covid-19 a 13 de março e esteve a receber tratamento intensivo numa clínica em Pohang. Foi dada como totalmente estabelecidas pelos médicos nesta quarta-feira, segundo a CNN.

Cheongdo fica perto de Daegu, a cidade onde foram registados a maioria dos casos de Covid-19 na Coreia do Sul. No país, existem atualmente 9.241 infetados. O vírus já provocou a morte de 131 pessoas e 4.144 conseguiram recuperar.

A sr. Hwang é um dos 114.749 doentes recuperados a nível global e não é a primeira idosa a conseguir superar a doença, apesar de as pessoas com mais de 70 anos serem consideradas doentes de risco.

Em Itália, o país onde a Covid-19 mais vítimas mortais provocou até ao momento, Alma Clara Corsini, de 95 anos, também conseguiu restabelecer-se depois de ser diagnosticada com o vírus. De acordo com o jornal local Gazzetta Di Modena, a mulher não precisou de receber tratamento antiviral, porque mostrou uma “boa reação” à doença.

Depois de cerca de duas semanas internada no hospital, onde deu entrada a 5 de março, Alma já voltou para casa, em Fanano, Modena.

No mundo inteiro, foram confirmados 472.030 casos do novo coronavírus. O número de vítimas mortais já ultrapassou os 21 mil.