A Air Asia, a maior linha aérea de baixo custo do continente asiático vai suspender temporariamente a maioria das ligações devido às restrições impostas pelos governos da região para conter a pandemia de Covid-19, anunciou esta sexta-feira a companhia.

A Air Asia, com sede na Malásia e filiais na Tailândia, Indonésia, Filipinas e Índia vai “submeter a maior parte da frota a uma hibernação temporária” por períodos que vão depender das restrições impostas em cada um dos países em que tem instaladas filiais, informa em comunicado.

Deste modo, a Air Asia Malayia suspende todos os voos internacionais e domésticos entre esta sexta-feira e o dia 21 de abril, assim como a Air Asia Philippines que vai manter em terra a frota até ao dia 14 de abril, um prazo que coincide com a quarentena imposta à ilha de Luzon e outras regiões das Filipinas.

A Air Asia India manterá o mesmo procedimento.

A Air Asia Thailan suspende todos os voos internacionais até ao dia 25 de abril e a Air Asia Indonesia vai reduzir significativamente as operações internacionais e as ligações domésticas.

Ainda não foi esclarecida a situação laboral dos trabalhadores da companhia face às novas circunstâncias.

A companhia tem cerca de 20 mil funcionários e uma frota de 243 aviões.

Em 2019, a Air Asia transportou 83,5 milhões de passageiros.

“Todos os passageiros afetados estão a ser notificados por correio eletrónico e SMS”, assinala um comunicado da Air Asia que acrescenta que as reservas podem vir a ser convertidas em créditos para uso em viagens futuras.