Sat wuguga sat ju benga sat si pata pata
Sat wuguga sat ju benga sat si pata pata
Sat wuguga sat ju benga sat si pata pata
Sat wuguga sat ju benga sat si pata pata

São estes os primeiros versos de uma música sul-africana que ficou mundialmente famosa nos anos 60 e que foi agora relançada para ajudar a combater o novo coronavírus. Como? Modificando a letra de forma a que os novos versos se transformem em verdadeiros conselhos para evitar a propagação do vírus.

“Pata Pata”, o título da música em língua xhosa, significa em português algo como “Toca Toca” — ora o oposto do que se quer em tempos de pandemia. A canção foi escrita pela cantora vencedora do Grammy Miriam Makeba e agora rescrita. Agora, chama-se “No Pata Pata” e tem versos como: “Precisamos de manter as mãos limpas para não-Pata Pata. Não toque no seu rosto, mantenha a distância por favor e não-Pata Pata”.

[Ouça a música com a letra adaptada e relacionada com o novo coronavírus]

A música reescrita foi transmitida em mais de 15 estações de rádio em países africanos na passada quinta-feira, disse a Unicef, que organizou o lançamento, ao jornal The Guardian. “Parece tão simples, mas é realmente difícil divulgar informações para pessoas nas áreas mais remotas ou para pessoas que não estão online”, disse o porta-voz da Unicef, James Elder.

[Ouça a música original, num concerto de Miriam Makeba em 1967]

x