Os visitantes podem recomeçar a agendar visitas aos museus da Ferrari, que estão de novo abertos ao público. Tanto o Museu Ferrari, em Maranello, como o Museu Enzo Ferrari, em Modena, retomaram a actividade depois de terem estado encerrados devido ao coronavírus.

De recordar que, apesar da grande rentabilidade dos superdesportivos que comercializa, a Ferrari tem outras fontes de receitas igualmente impressionantes, mas menos conhecidas do público. Os acessórios com o emblema do Cavallino Rampante – dos sapatos às luvas, passando pelos blusões, relógios e tudo o mais – permitem um encaixe muito interessante, o mesmo acontecendo com os dois museus. Ainda que os parques temáticos tenham um lugar de destaque nas finanças do construtor.

14 fotos

Os visitantes dos museus têm de cumprir alguns requisitos antes de poder apreciar de perto as bombas de outros tempos. A principal passa por não acusar uma temperatura excessiva, nos scanners térmicos a que todos estão sujeitos, medida tomada tanto no interesse da saúde dos visitantes como dos trabalhadores dos museus.