A Uber Eats anunciou esta terça-feira que passou a estar também disponível em Santa Maria da Feira, Espinho, Ponta Delgada, Caldas da Rainha e Marinha Grande. Em Lisboa, há outra novidade: os icónicos Pastéis de Belém passam a estar disponíveis em exclusivo na aplicação a partir de quarta-feira.

A aplicação de entregas ao domicílio da multinacional Uber conta com mais de 4.000 restaurantes parceiros em todo o país. Para celebrar a entrada dos Pastéis de Belém, há uma oferta especial para dia 10 de junho: uma caixa de seis por dois euros e sem taxa de entrega.

“A nossa data de fundação é 1837, sendo que a receita proveniente do Mosteiro dos Jerónimos se mantém inalterada até ao dia de hoje, apenas conhecida pelos 4 mestres pasteleiros que fabricam diariamente a massa e creme dos pastéis. Em 2019, foram produzidos e vendidos cerca de 9 milhões de Pastéis de Belém, e estaremos a partir de agora mais próximos dos nossos clientes, que poderão assim passar a receber os Pastéis de Belém à sua porta”, diz Miguel Clarinha, responsável pela pastelaria Pastéis de Belém.

Mariana Ascenção, diretora de comunicação da Uber em Portugal, reforça que a app cobre 50% da população portuguesa e que a empresa quer “chegar a cada vez mais cidades nacionais, para que esta opção possa estar disponível para todos os que a procurem ou precisem dela”.

Atualmente, a Uber Eats está presente em 47 cidades nacionais e tem mais de 4.000 restaurantes disponíveis. Está disponível em Portugal desde 2017  e com a pandemia de Covid-19 lançou um plano de segurança que fizesse cumprir com as medidas de higiene e segurança alimentar recomendadas pela Direção-Geral de Saúde, adicionando a opção “Deixar à porta” e com um sistema inteligente de verificação facial para estafetas.

Em Portugal, compete diretamente com a Glovo ou a NoMenu. No mundo, a app está disponível em mais de 450 áreas metropolitanas, sendo possível pedir refeições em mais de 6.000 cidades de todo o mundo.