Dois homens, com 43 e 70 anos, foram detidos pela Polícia Judiciária nos Açores por crimes sexuais contra menores, inclusive lenocínio e abuso sexual, estando já em prisão preventiva, foi esta quarta-feira divulgado.

Em comunicado, a PJ avança, sem especificar a localização, que o Departamento de Investigação Criminal dos Açores, com o apoio do Comando Regional dos Açores da PSP, realizou uma operação no grupo Central deste arquipélago, que inclui as ilhas Terceira, Graciosa, São Jorge, Pico e Faial.

As autoridades realizaram sete buscas e detiveram dois homens que se aproveitaram da dependência de substâncias estupefacientes de uma das vítimas para a aliciar para a prostituição.

Em relação ao detido de 43 anos, há “fortes indícios da prática dos crimes de lenocínio de menores e de tráfico de estupefacientes agravado”, do qual é vítima um adolescente, que foi aliciado para a prostituição durante cerca de três anos, recebendo como contrapartida drogas, incluindo novas substâncias psicoativas.

Já o detido com 70 anos está “fortemente indiciado da prática de um crime de abuso sexual de crianças” contra um menor com 13 anos de idade e de um crime de lenocínio de menores contra o adolescente que era aliciado para prostituição, pagando as práticas sexuais em dinheiro.

Os detidos foram já presentes às autoridades judiciárias competentes, tendo-lhes sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.