O grupo Saúde Viável | Insparya, especializado na área da saúde e transplante capilar, inaugura esta sexta-feira um investimento de 2,5 milhões de euros num centro de Investigação & Desenvolvimento (I&D) e numa nova unidade clínica localizados no Porto.

Segundo adiantou à agência Lusa fonte oficial do grupo, o novo centro de I&D Insparya Science and Clinical Institute acolherá uma dezena de investigadores nas áreas da medicina, engenharias biomédica, mecânica, eletrotécnica e de computadores e estará focado em “produzir inovação 100% portuguesa para exportar para outros mercados” para onde a Saúde Viável pretender ir expandindo a sua rede internacional de clínicas Insparya.

A primeira unidade Insparya foi inaugurada em março de 2019, em Madrid, em parceria com Cristiano Ronaldo, e registou vendas de cerca de nove milhões de euros nos primeiros nove meses de atividade.

“O Insparya Alopecia Science and Clinical Institute permitirá a exportação, a partir do Porto, de tecnologia e ciência com ADN 100% português, à medida que o grupo Saúde Viável cimenta a sua liderança – que ambiciona, nos próximos anos, ser mundial -, tendo em marcha um plano de internacionalização que pretende lançar 10 clínicas em diversas cidades europeias”, adianta.

Apesar do “ligeiro atraso” provocado pelos constrangimentos relacionados com a pandemia de Covid-19, o grupo prevê abrir a segunda clínica Insparya no próximo ano e diz estar “já a fazer prospeção” no mercado italiano.

“E, já expurgado o efeito da quebra de atividade imposta pelo período de confinamento, prevê crescer cerca de 25% em 2020, após ter registado em 2019 uma faturação na ordem dos 20 milhões de euros”, acrescenta.

De acordo com a fonte, o novo centro do Porto “estará focado na investigação tecnológica de soluções de robótica e de prognóstico com reconstrução 3D do paciente, com recurso a tecnologias como inteligência artificial e ´machine learning’, por exemplo”.

Outra das áreas de intervenção do centro será a investigação biomédica e células estaminais, “com vista ao desenvolvimento de terapias regenerativas para a cura da calvície e compreensão de mecanismos moleculares que permitam o tratamento da alopecia em pacientes que até hoje não o podem fazer (por exemplo, por não terem zona dadora suficiente)”.

Localizado na zona da Foz, tem uma área superior a 1.500 metros quadrados e 11 salas de transplante e conta com um corpo clínico de 70 colaboradores, entre médicos e enfermeiros, estando prevista para “breve” a contratação de mais 40 profissionais de saúde.

Com esta nova valência (a que se juntam mais uma clínica no Porto e outras em Lisboa, Vilamoura e Madrid), o grupo Saúde Viável | Insparya diz passar a ter capacidade para realizar 38 transplantes capilares diários a nível ibérico.

“Este investimento permite ao grupo Saúde Viável dar mais um passo rumo a um objetivo ambicioso: a liderança mundial na área da saúde capilar. Acreditamos que esta meta só se atinge com excelência clínica e serviços diferenciados, fortemente alavancados em desenvolvimento tecnológico e científico. Este instituto permite-nos criar inovação clínica 100% nacional e exportá-la para outros mercados, à medida que o nosso plano de internacionalização se vá cumprindo”, afirma o presidente executivo, Paulo Ramos, citado num comunicado. “A partir do Porto, onde temos a nossa sede – acrescenta – estamos a criar um “hub” de inovação internacional sem paralelo na área da saúde capilar”.

O grupo Saúde Viável tem como acionista o fundador Paulo Ramos, com 50%, tendo o restante capital passado recentemente para as mãos do Fundo Vallis (em parceria com o britânico Hermes), que veio acelerar o processo de expansão internacional, com António Pires de Lima a assumir a vice-presidência do grupo.

Para a rede internacional de clínicas Insparya, o grupo conta com a parceria (50/50) do futebolista português Cristiano Ronaldo, tendo traçado um plano de internacionalização que prevê um investimento de 25 milhões de euros nos próximos anos na abertura de uma dezena de clínicas nas principais cidades europeias, com a marca Insparya e tecnologia made in Portugal.

O novo investimento da Saúde Viável junta-se ao cerca de um milhão de euros investido pelo grupo nos últimos anos em I&D, sendo o evento de inauguração das novas instalações presidido pelo presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Moreira, e contando com a presença do presidente da Agência para a Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP), Luís Castro Henriques.