A associação “Os Rodinhas de Portugal”, uma entidade sem fins lucrativos de apoio a pessoas com deficiência motora, criou o Banco de Empréstimos de Produtos de Apoio (BEPA), para necessidades imediatas de materiais.

Um comunicado da associação divulgado esta segunda-feira explica a iniciativa com o facto de haver demora na atribuição de ajudas técnicas por parte do Estado para pessoas com deficiência.

O BEPA surge também para dar uma resposta à necessidade imediata de utilizações esporádicas por parte da sociedade, evitando assim que um individuo adquira um Produto de Apoio para uma utilização de um pequeno período de tempo da sua vida”, justifica-se no comunicado.

A criação do BEPA pretende, diz a associação, não só dar uma resposta rápida e sem burocracias no acesso a material de apoio (como cadeiras de rodas) mas também incentivar a reutilização desse material.

A associação recebe produtos que estejam em bom estado de conservação, mas que já não sejam necessários para uma determinada pessoa.

“Os Rodinhas de Portugal” visam contribuir para a preservação, reabilitação e reinserção social das pessoas portadoras de deficiência motora.