A produção da Galp Energia atingiu 128,4 mil barris por dia no segundo trimestre, mais 3% do que no trimestre anterior e menos 3% do que no mesmo período de 2020, foi esta segunda-feira anunciado.

Num comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Galp Energia indica que os dados esta segunda-feira anunciados são provisórios e que os definitivos serão divulgados no próximo dia 26 antes da abertura da Euronext Lisbon.

Em relação às vendas de produtos petrolíferos a clientes, a Galp Energia refere que estas se cifraram em 1,5 milhões de toneladas no segundo trimestre, mais 17% do que no trimestre anterior e mais 31% do que no mesmo período de 2020. A empresa precisa que estas vendas beneficiaram do “aumento da mobilidade registada durante o período e do alívio das medidas de confinamento que têm sido aplicadas na Península Ibérica”.

Galp prevê investir em média entre 800 e 1.000 milhões de euros por ano até 2025

Já em relação às vendas de gás natural, que atingiram 4,5 TWh no segundo trimestre, traduzindo decréscimos de 10% em cadeia e de 8% em termos homólogos, a empresa refere que “refletem sobretudo o efeito sazonal na procura”. “Suportadas por uma maior aquisição de clientes, as vendas de eletricidade da Galp cifraram-se em 1.019 GWh, mais 7% do que no trimestre precedente e mais 50% do que no mesmo período de 2020, adianta a empresa.