Não estão a ser dias muito agradáveis para o “planeta” Real Madrid e sobretudo para o seu presidente, Florentino Pérez. Como vem acontecendo nos últimos dias, o jornal El Confidencial divulgou novo áudio com declarações do líder merengue e, desta vez, Figo é um dos grandes visados.

O antigo capitão da seleção portuguesa, que trocou o Barcelona pelo eterno rival Real Madrid no ano 2000, já tinha sido nomeado num dos áudios em que Florentino falava do treinador Vicente del Bosque. “Quando Figo chegou ficou amigo do Raúl. Eles os dois, com Hierro, mandavam no balneário. O del Bosque nem fazia ideia”, ouve-se.

Divulgadas conversas de Florentino Pérez a criticar duas lendas do Real Madrid. Chama-lhes “fraudes” (e não só)

Esta sexta-feira, numa nova conversa de 2006 divulgada, o presidente do Real Madrid é ouvido a tecer comentários muito duros sobre um antigo craque português: “É o Figo que f… o balneário. É um filho da p… como o Raúl. Os piores foram Figo e Raúl”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Figo não é a única grande figura do futebol português a ser mencionado, depois de José Mourinho e Cristiano Ronaldo já terem sido referidos noutros excertos. “O Cristiano está louco. Esse rapaz é um imbecil e um doente”, diz Florentino Pérez numa das gravações. Descreve ainda Jorge Mendes e José Mourinho como dois “mal-educados” com “um ego terrível”. “São os dois anormais”, conclui, numa crítica às decisões tomadas pelos portugueses em negócios na área da publicidade.

O líder da equipa madrilena, numa gravação de 2007, é ainda ouvido a denunciar um alegado esquema de desvio de dinheiro envolvendo Pinto da Costa e o agente Jorge Mendes.

Em gravação antiga, Florentino Pérez acusa Pinto da Costa e Jorge Mendes de desvio de dinheiro

“Eu conheço o presidente do FC Porto. Que os 30 milhões saíram, de certeza. Agora, é preciso ver onde é a sede do banco. Ele faz isto com o Jorge Mendes, que é o representante do presidente, é o que engana estes todos. Com ele, tudo era estranho”, descreve Florentino, que já se veio defender e falou em frases “descontextualizadas”.

Florentino diz que declarações sobre Pinto da Costa e Jorge Mendes estão “descontextualizadas”

No último áudio divulgado, Pérez critica outro jogador histórico do clube, Guti, referindo que é “um idiota e o seu pior inimigo”.  “A SER merece isso por querer contratar um idiota e a COPE também. Ele devia deixá-los pendurados”, diz sobre o antigo jogador, antes de este iniciar uma carreira de comentador.

O início da polémica foi esta semana com declarações sobre Casillas e Raúl, duas grandes figuras, do Real Madrid, em que Florentino lhes chamava “fraudes”. Os áudios que estão a ser libertados pelo El Confidencial terão sido gravados pelo jornalista José Antonio Abellán, autor do livro “Assalto ao Real Madrid”. Abellán reagiu ao caso nas redes sociais e às acusações do presidente do clube espanhol, que o acusou de andar há vários anos a tentar vender os áudios das conversas,  e colocou-se inclusivamente à disposição para as debater publicamente.