O número de automóveis saídos das fábricas atingiu 179.725, entre janeiro e agosto, mais 17,5% do que no mesmo período de 2020, mas menos 20,2% do que no de 2019, revelou a ACAP – Associação do Comércio Automóvel de Portugal.

Em agosto, foram produzidos em Portugal 3.209 veículos automóveis, traduzindo quedas de 78,6% face a agosto de 2020 e de 76,6% face ao mesmo mês de 2019, dados que a associação diz espelharem o “forte” impacto da pandemia da Covid-19 nas fábricas portuguesas.

A quase a totalidade (97,5%) dos veículos fabricados em Portugal têm como destino o mercado externo, principalmente a Europa que, nos primeiros oito meses deste ano, voltou a ser o mercado líder nas exportações dos veículos fabricados em território nacional (87,1%), destacando-se a Alemanha (16,1%), França (14,2%), Itália (13,6%) e Espanha (12,2%).

Relativamente à montagem de veículos automóveis em Portugal, pelo oitavo mês consecutivo apenas foram montados veículos pesados de passageiros, tendo em agosto sido montados apenas três pesados, menos 76,9% do que em igual mês de 2020.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A montagem de veículos pesados caiu 72,5%, entre janeiro e agosto, face igual período de 2020, representando 138 veículos montados em 2021.

Nos primeiros oito meses foram exportados 25,4% dos veículos montados em Portugal, representando 35 unidades, sendo a Alemanha o único destino destes veículos, segundo a ACAP.