Dark Mode 137kWh poupados com o Asset 1
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia
i

Getty Images/iStockphoto

Getty Images/iStockphoto

Quer compensar as suas emissões de carbono? Vá à bp!

Os clientes da bp Portugal estão a compensar as emissões de carbono dos seus abastecimentos e, ao mesmo tempo, ajudam a melhorar a qualidade de vida das populações. Quer fazer parte deste movimento?

E se conseguisse ajudar a eliminar a poluição equivalente a 400 mil carros (ou a dois milhões de toneladas de carbono por ano)? É precisamente o que propõe o programa bp Target Neutral através do “Drive Carbon Neutral” lançado agora em Portugal: compensar as emissões de carbono dos abastecimentos dos seus clientes particulares de todos os tipos de combustível de gasolina e gasóleo, assim como GPL– gás de petróleo liquefeito. O objetivo é utilizar créditos de carbono gerados a partir de projetos globais que financiam a utilização de energias renováveis, baixo carbono e a proteção das florestas. Estes projetos são verificados e selecionados de forma independente por um painel de Organizações Não Governamentais (ONGs) e, neste momento, estão já em andamento o apoio à implementação de fogões eficientes no México, a exploração de biogás na Índia e um projeto de proteção e plantação florestal na Zâmbia.

O programa “Drive Carbon Neutral” tem como slogan “Vá de Bicicleta. Se não puder vá com  bp”e vai ao encontro da ambição da bp de atingir a neutralidade carbónica até 2050.

A Diretora do bp Target Neutral, Andrea Abrahams, lembra que “os nossos créditos de carbono provêm de projetos de redução de carbono que são verificados e selecionados de forma independente por um painel de ONG’s. Ao longo dos últimos 14 anos ajudámos clientes a compensar 6 milhões de toneladas de carbono, angariando mais de 24 milhões de euros para projetos de redução de carbono em todos o mundo”.

Como podemos participar?

No campo da mobilidade, podemos, todos os dias, trabalhar no sentido de ter uma pegada energética mais leve: andarmos a pé, de bicicleta ou ainda – para os mais ousados – andar de trotinete. Quando não é possível, a bp avança com esta solução: abastecer num dos seus postos para que as suas emissões sejam automaticamente compensadas através do bp Target Neutral. De qualquer forma, esta não é a única forma avançada pela empresa de diminuir as nossas emissões. Pedro Oliveira, Presidente da bp Portugal, lembra que “estamos a trabalhar para ajudar os nossos clientes a gerir a transição para baixo carbono. Os nossos combustíveis avançados BP Ultimate, com tecnologia ACTIVE – oferecem já mais eficiência para veículos, ajudando os condutores a utilizar menos combustível por viagem.” Existe ainda uma parceria com a EDP para o carregamento elétrico nos postos bp, em linha com os objetivos do programa Drive Carbon Neutral e ainda um projeto de compensação das emissões de carbono dos veículos de salvamento do Instituto de Socorros a Náufragos, nas praias portuguesas, no âmbito do projeto SeaWatch.

Quando os clientes abastecem na bp em Portugal estão a apoiar projetos que, não só reduzem as emissões de carbono, como também proporcionam benefícios de subsistência em linha com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU. “No ano passado, apoiámos um portfólio que ajudou mais de 1.2 milhões de pessoas no acesso a melhores cuidados de saúde, providenciou formação e educação a mais de 8.000 pessoas e protegeu mais de 40.000 hectares de floresta, muito significativos a nível mundial”, acrescenta Andrea Abrahams.

Projetos elegíveis em Portugal

No nosso país, embora ainda não existam programas de compensação de emissões de carbono certificados, a bp já está a apoiar o bem-estar ambiental através da adesão ao Compromisso Lisboa Capital Verde Europeia 2020 – Ação Climática Lisboa 2030. Contam ter em breve programas para analisar, sendo que algumas das condições para ser um projeto elegível são: a necessidade de ser um projeto incremental (não “pipeline”) que compense na justa medida as emissões de carbono, sem fins lucrativos, e que promova a melhoria da qualidade de vida das populações.

Catarina Furtado, comunicadora, atriz, autora, embaixadora de Boa Vontade do Fundo das Nações Unidas para a População (UNFPA) e presidente e fundadora da ONGD – Associação Corações Com Coroa (CCC) também se associou à campanha para divulgar e apoiar a nova ambição da bp: atingir as zero emissões líquidas de carbono até 2050. Durante o próximo ano, Catarina Furtado irá ajudar a transmitir a importância destas e outras ações fundamentais para as pessoas e o planeta através das plataformas digitais, em sintonia com a marca que acredita que, para que o futuro seja diferente, é determinante agir no presente.

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.