Atualmente, Portugal tem se destacado no cenário mundial do futebol  pela qualidade dos seus treinadores, onde aparecem  nomes como José Mourinho, Fernando Santos, Villas Boas e outros mais, isso sem falar no fato do país possuir o melhor jogador do mundo no campo, na areia e nas quadras, sendo a seleção portuguesa atual campeã da Euro e da Liga das Nações e agora Jorge Jesus, o grande nome em evidência, que recentemente conquistou duas competições muito importantes, a Taça Libertadores e o campeonato brasileiro, um feito inédito, já que nunca uma equipa brasileira venceu o campeonato brasileiro e a Libertadores no mesmo ano.

Assim sendo, o técnico Jorge Jesus representa uma influência muito positiva da presença portuguesa no vitorioso futebol brasileiro, sendo que essa presença não é recente, mas, muito antiga, já que remete a fundação de muitos clubes que no Brasil são considerados praticamente equipas portuguesas, como os famosos, Vasco da Gama do Rio de Janeiro e Portuguesa dos Desportos de São Paulo, conhecida como lusa. Além destes, temos também a Portuguesa santista de Santos, a Portuguesa da Ilha do Governador no Rio de Janeiro, a Portuguesa de Londrina, a Tuna Luso Brasileira de Belém do Pará e muitos outros clubes e agremiações futebolísticas espalhadas de norte a sul do Brasil.

Além dos clubes, alguns jogadores portugueses já jogaram no Brasil, assim como nos últimos anos, alguns treinadores também tem passado pelo país, com destaque para o trabalho de Paulo Bento no Cruzeiro; Sérgio Viera que trabalhou em equipas do interior de São Paulo, foi auxiliar no Atlético Paranaense, e treinador do América Mineiro, Paulo Morgado que já há alguns anos, tem treinado equipas do futebol do estado do Amazonas e outros treinadores que tem passado pelo futebol brasileiro.

Portanto, esta relação entre os clubes portugueses e os luso-descendentes é muito forte no Brasil, em especial nas cidades onde estes clubes estão presentes, como no caso do Vasco, um clube tipicamente lusitano, muito ligado a comunidade portuguesa no Rio de Janeiro, como destaca Virgílio Neto: “Aos 21 dias do mês de agosto de 1898, um grupo de remadores portugueses e luso-descendentes forma um clube e, como homenagem aos 400 anos da viagem de Vasco da Gama às Índias, dão o nome do Almirante à agremiação. Até 1915 dedicou-se exclusivamente ao remo quando em 1915, incorpora o clube de futebol “Lusitânia”. Estava criado o departamento de futebol do Vasco da Gama. ”[1] Já os portugueses que moram em São Paulo, na sua grande maioria são torcedores da Portuguesa de Desportos, como o cantor Roberto Leal, que sempre gostou muito do clube e foi o compositor do hino da lusa.[2]

Enfim, a relação entre Portugal e o Brasil é sempre presente e une os dois povos. Há muito de Portugal no Brasil, e muito do Brasil em Portugal, o que transcende a passagem vitoriosa de Jorge Jesus, são laços que unem dois povos, países irmãos, que são separados por um imenso oceano, mas, que são unidos pela língua portuguesa e pela paixão pelo futebol. Enfim, a passagem vitoriosa do treinador português é um orgulho para a comunidade portuguesa no Brasil, e mesmo que muitos destes portugueses não sejam flamenguistas, pois o Brasil possui 12 grandes clubes que contam com muita torcida.

Mesmo assim, os lusodescendentes estão muito orgulhosos das conquistas de Jorge Jesus, que contribuem para fortalecer os laços de fraternidade entre Brasil e Portugal, como sinaliza o historiador brasileiro Laurentino Gomes: “Dois séculos depois, o sonho do Reino Unido alimentado por inúmeros brasileiros e portugueses até 1822 ainda se mantém vivo. É um reino menos formal do que o sonhado por D. João VI, D. Pedro I e José Bonifácio de Andrade, porém mais sólido e duradouro, porque tem suas raízes plantadas na língua e na cultura que sempre funcionaram como a identidade entre esses dois povos”[3]

[1] Neto, V. (2018). Lisboa. Os Clubes de Futebol Luso-Brasileiros.
[2] Revista Época (2019). A Relação de Amor de Roberto Leal com a Portuguesa de Desportos.

[3] Gomes, L. (2010). 1822. Nova Fronteira, Rio de Janeiro.