Primeiro os velhos tornaram-se idosos. E um dia, não se consegue já precisar qual, os cegos passaram a invisuais e o morrer tornou-se partir.

O chumbo ou reprovação transformou-se em retenção.

Os gordos passaram a obesos.

Os trabalhadores deram lugar aos colaboradores. Os despedidos a dispensados.

Depois do incêndio no Pinhal de Leiria, António Costa plantou simbolicamente um sobreiro no terreno ardido do que fora pinhal. Um ano depois, todos os sobreiros plantados no Pinhal de Leiria morreram. E mesmo que algum tivesse sobrevivido nunca atingiria uma dimensão considerável pois os solos arenosos do Pinhal de Leiria não o permitiriam. Tudo não passou portante de uma operação para jornalista ver. Outrora isto seria considerado populismo. Agora é designado como habilidade.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.