Realidade Aumentada

Will.i.Am, dos Black Eyed Peas, lança app de realidade aumentada para livro de banda desenhada

O músico da banda Black Eyed Peas criou uma aplicação que dá vida ao livro de banda desenhada, editado pela Marvel, que escreveu. Stan Lee e Jamie Foxx vão fazer a voz das personagens.

Masters of the Sun está disponível para iOS (€2,29) e Android (€2,09) e funciona como complemento à de banda desenhada com o mesmo nome.

Getty Images for Westfield Century City

O cantor will.i.am I. Am, da banda Black Eyed Peas, lançou uma app de realidade aumentada na passada sexta-feira. Feita para funcionar com o livro de banda desenhada Masters of the Sun, que escreveu editado pela Marvel (editora dos Vingadores, Homem-Aranha, os X-Men e Homem-de-Ferro, entre muitos outros super-heróis), ao apontar com a câmara do telemóvel para a BD esta aplicação cria animações que dão vida à história dos quadradinhos.

Nas duas imagens promocionais é possível ver como a câmara filma o livro de banda desenhada e graças e tecnologia de realidade aumentada, através do ecrã do smartphone, o livro ganha vida.

Este extra ao livro de BD, adiciona à leitura de Masters of the Sun, além das animações, uma banda sonora de composta por Hans Zimmer — compositor de cinema, em filmes como o Rei Leão e o Gladiador, entre outros — e conta com uma narração feita por Stan Lee, antigo editor executivo da Marvel corresponsável pela criação de alguns dos mais famosos super-heróis da banda desenhada, como o Homem-Aranha, Hulk e o Quarteto fantástico, entre outros. Atores e artistas como Jamie Foxx (que ganhou o Óscar de melhor ator com Ray Charles), Queen Latifah, Rosario Dawson e Snoop Dog emprestam também a voz às personagens.

Masters of the Sun: The Zombie Chronicles (Mestres do Sol: As Crónicas Zombie, em português), é um história de will.i.am direcionada a fãs de hip-hop e com inspiração nas histórias de gangues de Los Angeles. Segundo will.i.am, em declarações ao Business Insider, “a história vai buscar referências à cultura popular americana e ao que se passa na nossa comunidade”.

A equipa por detrás desta aplicação está a planear uma experiência em realidade virtual semelhante para o dispositivo Oculus Rift, do Facebook, para ser lançada no início de 2018 que também será complemento à BD.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mmachado@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site