As taxas de juro da dívida pública portuguesa estavam hoje a descer em todos os prazos, depois de Portugal ter terminado oficialmente, no sábado, o plano de ajustamento sem qualquer programa cautelar.

Às 08:35 de hoje, os juros a 10 anos estavam a 3,837%, depois de terem terminado a 3,862% na segunda-feira e de terem descido, a 08 de maio, até aos 3,460%, um mínimo desde fevereiro de 2006.

A cinco anos, os juros estavam a descer para 2,739%, contra 2,757% do encerramento de segunda-feira e o mínimo de sempre de 2,274% a 8 de maio. Este arrefecimento das taxas de juro surge depois de um movimento em sentido contrário, atribuído à instabilidade política na Grécia.