Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Seis pessoas, entre as quais quatro crianças, morreram num tiroteio em Spring, no estado norte-americano do Texas, na tarde de quarta-feira, informaram as autoridades locais. O suspeito dos disparos é o pai das crianças e crê-se que a situação terá começado depois de uma disputa doméstica.

Quando a polícia chegou ao local, deparou-se com os corpos de dois homens adultos e três crianças. Uma quarta criança ainda estava, na altura, viva, mas acabou por morrer no hospital, horas mais tarde. O suspeito, um homem de 30 anos descrito pelos vizinhos como “extremamente calmo”, fugiu do local de carro e foi perseguido durante 20 minutos pela polícia, até acabar por ser cercado e render-se. A perseguição foi seguida em direto pela cadeia de televisão ABC News.

As crianças, filhos do autor dos disparos, tinham entre 4 e 13 anos. Uma outra filha, de 15 anos, conseguiu sobreviver e alertar a polícia para o sucedido – o que originou a perseguição – mas mantém-se internada em estado muito grave.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR