O ministro alemão da Cooperação e Desenvolvimento, Gerd Müller, acusou o Qatar de ter financiado os ‘jihadistas’ do Estado Islâmico (EI) no Iraque, numa entrevista divulgada esta quarta-feira.

“Uma situação destas tem sempre um historial”, disse o ministro alemão à cadeia de televisão pública ZDF, questionando: “Quem financia estas tropas? Eu penso no Qatar”.

Na véspera, o ministro da Economia, Sigmar Gabriel, considerou que a comunidade internacional não irá escapar do “debate” sobre quem – agora e no passado – fornece meios financeiros para armar o EI”.

“É algo que não pode ser feito sem dinheiro”, disse, embora sem referenciar nenhum país em concreto.

A Alemanha deverá tomar nos próximos dias uma decisão sobre a eventual entrega de armas aos curdos que combatem os ‘jihadistas’ no norte do Iraque, um tema polémico no país.