Mais um incidente associado à companhia de aviação low cost Ryanair. Passou-se tudo na pista, em terra firme, e não houve feridos a registar. Só espanto – muito espanto quando os passageiros do aeroporto de Dublin se depararam com uma asa cortada. Sim, um avião Boeing 737s ficou com uma “dentada” na asa depois de ter chocado com a cauda de um outro avião do mesmo modelo. E as fotografias do insólito não se fizeram esperar.

“Duas das nossas aeronaves estavam a andar na pista no aeroporto de Dublin esta manhã quando colidiram”, explicou ao Independent uma porta-voz da empresa de aviação, acrescentando que a “asa de uma delas parece ter raspado na cauda da outra”. A Ryanair desculpou-se pelo incidente que, de todo o modo, não teve qualquer impacto nos passageiros que iam a bordo dos dois veículos.

As imagens tiradas pelos passageiros esta manhã mostram de facto que parte de uma das asas parece ter ficado presa à cauda do outro, tendo ambos raspado um no outro em andamento. Mas o único prejuízo, além do prejuízo material para a empresa, foi mesmo o pequeno atraso que o incidente desencadeou nos voos posteriores.

Entretanto, a Autoridade de Aviação Irlandesa confirmou que estava a investigar o incidente desta manhã, que envolveu serviços de urgência no local, embora não tenha havido registo de quaisquer feridos.

O funcionamento do aeroporto de Dublin voltou à normalidade pouco depois, registando-se apenas atrasos pontuais.