O Observador venceu esta sexta-feira o prémio do Observatório do Ciberjornalismo na categoria Última Hora, pelo trabalho realizado sobre a queda do avião MH17 no leste da Ucrânia, tendo ganho a votação do público e do júri.

Entre 17 e 24 de julho, o Observador teve um liveblog sempre em atualização sobre o que se estava a passar no local da queda do avião da Malaysia Airlines, num esforço que envolveu dez jornalistas. O prémio distingue não só esse liveblog, como também todo o trabalho realizado sobre o mesmo tema.

O Público arrecadou três prémios de ciberjornalismo, que são entregues desde 2008. O jornal foi reconhecido pela Excelência Geral em Ciberjornalismo, pela reportagem Portugueses nos Campos de Concentração e pelo trabalho infográfico As Linhas da Liberdade.

Na categoria de Videojornalismo Online, o vencedor foi a Rádio Renascença, com a reportagem Prelúdio e Fuga. Uma Orquestra de Imigrantes. Já no Ciberjornalismo Académico, o prémio foi atribuído ao JornalismoPortoNet, desenvolvido pelos estudantes de comunicação da Universidade do Porto, pelo trabalho Rádios Piratas: 25 Anos Depois.

O Observatório do Ciberjornalismo esteve esta quinta e sexta-feira reunido em congresso no Porto, onde foram anunciados os vencedores dos prémios. Pode ver todos os trabalhos a concurso aqui.