A PSP está a procurar desde o início da noite de terça-feira, no Algarve, um homem com cerca de 30 anos, suspeito de matar a sogra e de ferir gravemente a mulher com três disparos de caçadeira, em Faro.

Segundo disse à agência Lusa fonte do comando de Faro da PSP, testemunhas viram o homem com uma caçadeira na mão a sair do edifício onde terá ocorrido o crime, no centro da cidade, na Rua Serpa Pinto, junto ao posto da GNR, e a fugir de carro.

A vítima mortal, com 70 anos, terá tentado proteger a filha e foi atingida, enquanto a mulher do suspeito, também com cerca de 30 anos, foi levada para o Hospital de Faro em estado grave, adiantou a mesma fonte.

A PSP montou uma operação de busca em vários pontos do Algarve para tentar localizar o homem, cuja identificação já é conhecida, procurando a viatura em este que se deslocava, que foi descrita pelas testemunhas.

Em 2007, o suspeito do crime candidatou-se à Polícia de Segurança Pública, mas as suas provas não lhe permitiram ingressar nas forças de segurança.

A PSP tomou conta da ocorrência cerca das 20:30 e desde essa hora que tem pessoal no terreno para tentar localizar o suspeito. Por se tratar de um homicídio com arma de fogo, o caso passará agora para a alçada da Polícia Judiciária.