O governo grego garantiu esta sexta-feira que já deu ordem de pagamento dos 350 milhões de euros da prestação do empréstimo do FMI que vence hoje, e que o dinheiro será transferido ainda hoje pelo Banco da Grécia, que tem a seu cargo a responsabilidade de processar este pagamento.

Em declarações à Bloomberg, o porta-voz do governo grego explicou que a ordem para processar o pagamento foi dada ainda na quinta-feira, afastando receios em torno de um eventual incumprimento deste pagamento.

Ainda hoje, o governador do banco central, Yannis Stournaras, considerou que a incerteza é nesta altura a maior inimiga da economia grega. O ex-ministro das Finanças da Nova Democracia defendeu ainda a importância da privatização dos aeroportos regionais da Grécia.

Yannis Stournaras defende também que a criação de um banco mau, para absorver o crédito malparado e outras imparidades dos bancos gregos, não deve ser financiado pelos próprios bancos.