456kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Já viu o ping-pong entre Ronaldo e Quaresma?

Este artigo tem mais de 5 anos

Campanha publicitária com Ronaldo e Quaresma garante mais de 1.3 milhões de likes e cerca de 25 mil partilhas. Mais um exemplo das redes sociais ao serviço do branding.

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Costumamos vê-los a tocar na bola, fintar, cruzar e rematar. Normalmente Quaresma oferece, Ronaldo finaliza. O talento foi apurado nas escolas do Sporting, um viveiro de craques. O futebol dos jogadores é acompanhado pela fama e as marcas piscam-lhes o olho, pois claro.

Desta vez, Cristiano Ronaldo e Ricardo Quaresma deram corpo e voz a uma campanha da Nike, que se baseou na troca de fotografias e “bocas” entre os jogadores do Real Madrid e FC Porto nas redes sociais. A narrativa começa com uma fotografia de Cristiano Ronaldo publicada por Quaresma a promover as novas botas que este usou no clássico contra o Barcelona. O carro de Quaresma está atrás do capitão da seleção portuguesa, mascarado tal e qual o novo modelo das chuteiras usadas pelo número 7 do Real Madrid.

O ping-pong prossegue com uma boca de CR7, que diz ao 7 dos dragões que este “poderia usar um bocadinho de mais velocidade” no próximo jogo, que curiosamente até o vão jogar juntos (Portugal vs. Sérvia no domingo). Ou seja, o carro, que aparenta ser um senhor carro desportivo, ficaria mais rápido com as botas de Ronaldo. Quaresma responde, bem-disposto, orgulhoso do novo carro…

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

No Twitter, a “brincadeira” valeu qualquer coisa como quase 18 mil likes e 14 mil partilhas. No Facebook, onde Ronaldo conta com mais de 100 milhões de seguidores, a campanha somou quase 1.3 milhões de likes, 16 mil comentários e mais de 12 mil partilhas.

Redes sociais, publicidade, marcas e estrelas mundiais. Estes ingredientes estão cada vez mais apurados e entranhados no mesmo tacho. O Twitter, Instagram, Facebook, entre outras redes sociais, são cada vez mais soldados ao serviço do branding.

A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.