O motivo da aterragem emergente do avião DL30 da Delta Airlines esta quarta-feira terão sido os ventos fortes, segundo informa a própria companhia aérea no Twitter. A informação foi dada após o avião ter aterrado em Londres.

https://twitter.com/LeeMilton/status/595903503215697922

Anteriormente, os radares indicaram que o avião tinha feito um “percurso de voo anormal” desde Atlanta, nos EUA e que essa seria a razão do alerta.

https://twitter.com/tomsteinfort/status/595893524698128384

Uma hora antes, o voo 7736 da Air France também enviou um alerta após ter-se detetado fumo na cabine do avião, tendo por isso aterrado em Rennes enquanto viaja de Paris para Brest. Segundo o Le Telegramme, os passageiros tiveram que proteger o nariz e um dos membros da tripulação vestiu um fato semelhante ao dos mergulhadores, tendo entrado depois no cockpit.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O mesmo jornal avança que o fumo terá partido de uma falha do sistema de ar condicionado.