A Sonae Sierra registou um resultado líquido de 12,6 milhões de euros no primeiro trimestre de 2015, mais sete por cento face aos 11,8 milhões de euros em igual período de 2014, informou nesta quarta-feira a empresa. De acordo com um comunicado divulgado pela Sonae Sierra, empresa do grupo Sonae especialista em centros comerciais, “no primeiro trimestre destaca-se ainda o aumento significativo dos resultados operacionais, bem como a contínua expansão internacional da empresa”.

Segundo a Sonae Sierra, as vendas de lojistas do portefólio europeu subiram quatro por cento no primeiro trimestre, numa base comparável com o mesmo período de 2014, com destaque para um aumento de 4,6% em Portugal e de 6,3% em Itália. Fora da Europa, a Sonae Sierra adianta que o Brasil “continua a registar uma performance positiva, com uma subida de 9,6% (em BRL, moeda brasileira)” em relação aos três primeiros meses de 2014.

Já a taxa de ocupação global do portefólio da Sonae Sierra foi de 95,8%, face aos 94,6% de igual período do ano passado, “refletindo a melhoria do contexto económico” e ainda “a confirmação do sucesso da estratégia seguida”, afirma a empresa.

Quanto ao resultado direto, foi de 14,5 milhões de euros entre janeiro e março, mais 24% face ao período homólogo de 2014, “apesar do impacto negativo das vendas de ativos realizadas”, nomeadamente o Le Terrazze, em Itália, o La Farga, em Espanha. Numa base comparável, o resultado direto aumentou 29%.

“O crescimento orgânico dos resultados diretos deve-se sobretudo ao aumento das rendas dos centros comerciais na Europa e Brasil”, adianta ainda a empresa, atribuindo esse facto à recuperação económica nos mercados europeus e ao aumento da taxa de ocupação dos centros comerciais mais recentes brasileiros. Em consequência, também o EBITDA (lucro antes de juros, impostos, deduções e amortizações) cresceu três por cento, para 26,3 milhões de euros.

“O primeiro trimestre de 2015 confirmou a tendência de recuperação no mercado europeu, mantendo-se um crescimento sustentado da nossa performance operacional com um impacto direto nos proveitos das rendas”, afirmou por seu turno o presidente executivo da Sonae Sierra, Fernando Guedes de Oliveira, citado no comunicado. Ainda de acordo com a Sonae Sierra, no primeiro trimestre a empresa assinou três novos contratos de gestão de centros comerciais na Alemanha, referentes a Hamburgo, a segunda maior cidade alemã.