Um militar sofreu esta sexta-feira queimaduras de primeiro e de segundo grau devido a uma explosão ocorrida no campo de tiro de Alcochete, no concelho de Benavente, disse à Lusa fonte da proteção civil.

Segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro de Santarém, a explosão, com pólvora, ocorreu cerca das 11:30, tendo o militar sofrido queimaduras na face e no braço direito.

No local estiveram os bombeiros de Samora Correia e de Alcochete e um helicóptero do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), que transportou o ferido para o Hospital de S. José, em Lisboa, disse a fonte.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR