A Coreia do Sul confirmou este domingo mais uma morte causada pela Síndrome Respiratória do Médio Oriente (MERS), o novo coronavírus, a 32.ª vítima mortal registada desde que foi diagnosticado o primeiro caso no país, a 20 de maio.

A mais recente vítima mortal é um homem de 55 anos, que não sofria de nenhum problema de saúde antes de ter contraído o novo coronavírus. O número de casos diagnosticado em território sul-coreano mantém-se em 182, sem que tenham sido registados novos contágios, informou o Ministério de Saúde sul-coreano.

Um indivíduo que tinha realizado uma viagem ao Médio Oriente foi o primeiro caso de coronavírus na Coreia do Sul, diagnosticado a 20 de maio.