Olá

833kWh poupados com a
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

"É difícil encontrar algo de que não gostar no Porto", diz o New York Times

Este artigo tem mais de 5 anos

O jornal norte-americano dedica a sua famosa rubrica "36 Horas em" à Invicta e considera que a cidade, cheia de charme, combina o melhor do antigo e do novo.

O New York Times sugere um passeio na Ponte Dom Luís e elogia a vista sobre o Douro e a Ribeira.
i

O New York Times sugere um passeio na Ponte Dom Luís e elogia a vista sobre o Douro e a Ribeira.

K.Reichert / Flickr

O New York Times sugere um passeio na Ponte Dom Luís e elogia a vista sobre o Douro e a Ribeira.

K.Reichert / Flickr

A declaração de amor vem logo às primeiras linhas: “Edifícios do século XVIII e XIX deslumbrantes, novos restaurantes e bares indie e uma atmosfera descontraída, facilitada pelo excelente vinho — é difícil encontrar algo de que não gostar no Porto.” Depois de publicações como o The Guardian e a revista Esquire se terem rendido à Invicta, é a vez do New York Times.

O jornal norte-americano publicou no dia 28 de janeiro a sua mais recente reportagem na rubrica “36 Horas em” e desta vez o destino visitado fala português e vende postais da Ribeira e da Torre dos Clérigos.

It’s hard to find anything to dislike about Porto, Portugal.

Posted by The New York Times on Friday, January 29, 2016

Escrito por Nell McShane Wulfhart e fotografado pelo freelancer português Daniel Rodrigues — vencedor de um prémio World Press Photo em 2012, na categoria Daily Life –, o roteiro escreve que “um dia ideal no Porto combina ao mesmo tempo a grandeza da sua história e as novidades mais recentes e cool“. É por isso que os locais sugeridos vão desde o Centro Português de Fotografia e a Sé do Porto ao restaurante Cantinho do Avillez e à casa de sanduíches do chef Pedro Lemos, Stash, num total de 22 pontos assinalados.

Se quer programar um fim de semana na Invicta aprovado por uma das rubricas de viagens mais conceituadas do mundo, só tem de ir aqui e chegar à estação de São Bento pelas três da tarde de uma sexta-feira.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

 
Assine um ano por 79,20€ 44€

Não é só para chegar ao fim deste artigo:

  • Leitura sem limites, em qualquer dispositivo
  • Menos publicidade
  • Desconto na Academia Observador
  • Desconto na revista best-of
  • Newsletter exclusiva
  • Conversas com jornalistas exclusivas
  • Oferta de artigos
  • Participação nos comentários

Apoie agora o jornalismo independente

Ver planos

Oferta limitada

Já é assinante?
Apoio a cliente

Para continuar a ler assine o Observador
Assine um ano por 79,20€ 44€
Ver planos

Oferta limitada

Já é assinante?
Apoio a cliente

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Para ler este artigo grátis, registe-se gratuitamente no Observador com o mesmo email com o qual recebeu esta oferta.

Caso já tenha uma conta, faça login aqui.

Apoie o jornalismo. Leia sem limites. Verão 2024.  
Assine um ano por 79,20€ 44€
Apoie o jornalismo. Leia sem limites.
Este verão, mergulhe no jornalismo independente com uma oferta especial Assine um ano por 79,20€ 44€
Ver ofertas Oferta limitada