É verdade que ler elogios da Traveler — seja a edição espanhola ou a americana — a Portugal e às cidades/paisagens/monumentos do país não é propriamente novidade. Ora porque temos uma das melhores praias do mundo, ora porque é fácil perder a cabeça pelo Porto ou porque, tudo somado, somos o melhor país a visitar.

Mas este recente artigo da referida publicação, dedicado aos que dizem ser os “tesouros gastronómicos de Lisboa” não é simples bajulação gratuita: parte de um roteiro efetuado por uma das personagens mais influentes desse mundo, o jornalista, escritor e crítico italiano Andrea Petrini, que andou pela capital em deambulações gastronómicas no final do ano passado.

Os restaurantes responsáveis pela “efeverscência culinária sem precedentes que invadiu a cidade das sete colinas” e que lhe confirmam o estatuto como uma das “mais interessantes na Europa a nível gastronómico” estão todos na fotogaleria, em cima.