Buscas a 40 habitações em várias zonas da Bélgica, incluindo na zona de Bruxelas, resultaram na detenção de 12 pessoas suspeitas de estarem a preparar ataques terroristas. A informação, adiantada pelas autoridades belgas esta madrugada, acrescenta que 40 pessoas foram interrogadas após esta mega operação policial.

“Foram reunidas provas”, confirmou o Ministério Público, em comunicado citado pela imprensa internacional. Mas não foram, pelo menos para já, encontrados quaisquer explosivos ou armas de fogo.

“Tivemos de atuar rapidamente”, pode, também, ler-se no comunicado das autoridades belgas. A mega operação desenvolveu-se em 16 zonas da Bélgica, em simultâneo. Além de Bruxelas, as buscas decorreram em Molenbeek-St-Jean, Schaerbeek, Anderlecht, Koekelberg, Sint-Agatha-Berchem, Evere, Forest, Watermael-Boitsfort, Ganshoren, Zaventem, Ninove, Wemmel, Fleurus Tubize e Liège.

A operação policial decorreu sem incidentes, segundo o comunicado.