Completa-se a gama do novo Mercedes Classe E, pelo menos no que diz respeito às variantes de carroçaria, com o lançamento da versão descapotável. Com estreia marcada para o Salão de Genebra, e início de comercialização aprazado para o final de Verão, o novo Classe E Cabrio chega ao mercado no ano em que se comemoram as bodas de prata do modelo original (o 300 CE-24 Cabriolet), oportunidade aproveitada pela marca da estrela para disponibilizar uma série especial da nova geração, apropriadamente denominada 25th Anniversary.

Principalmente destinado a coleccionadores e apreciadores de automóveis mais exclusivos, o Classe E Cabrio 25th Anniversary inclui, de série, elementos distintivos como as jantes de 20” e cinco raios duplos, o pack Cabriolet Comfort, as aplicações em madeira de olmo porosa, o pack Air Balance com uma fragrância exclusiva, as embaladeiras iluminadas com o lettering da Mercedes gravado, os tapetes com a inscrição “25th Anniversary” bordada, a iluminação ambiente regulável e o sistema Magic Vision Control, de lavagem e limpeza do pára-brisas.

No habitáculo marcam ainda presença o novo esquema cromático bege/vermelho, os revestimentos em pele perfurada com padrão diamantado e a insígnia “25th Anniversary” colocada na consola central. A pintura exterior pode ser vermelha ou prata, sempre com combinação com a capota vermelho escura.

Comuns a todos os novos Classe E Cabrio são os quatro lugares, a capota de lona com óculo traseiro em vidro, as ópticas dianteiras por LED (de alta resolução em opção) e os vidros laterais traseiros de abertura total. A distingui-lo do coupé da gama, que lhe serve de base, o modelo conta ainda com os frisos nos pilares dianteiros, zona superior do pára-brisas, na linha de cintura e no compartimento da capota em alumínio anodizado e polido (alumínio mate nas versões com pacote AMG).

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Elemento sempre preponderante num cabrio, a capota, está aqui está disponível em quatro cores (castanha, azul, vermelha e preta) e promete oferecer um isolamento térmico e acústico de referência, ou não fosse oriunda do Classe S Cabrio. Com operação totalmente eléctrica, anuncia um tempo de abertura ou fecho de 20 segundos, podendo ser actuada em andamento, até aos 50 km/h. Quando removida, fica acondicionada num compartimento específico existente na mala, com cobertura retráctil, também ela operável electricamente quando seleccionado o opcional pack Cabriolet Comfort. A capacidade da bagageira é de 385 litros com a capota colocada, e de 310 litros com esta removida, podendo ser ampliada através do rebatimento do banco traseiro em duas partes simétricas.

Face ao do coupé, de que deriva, o interior distingue-se, fundamentalmente, através dos bancos traseiros aquecidos e dos opcionais sistemas Airscarf (o célebre cachecol virtual para os bancos dianteiros) e Aircap (destina-se a reduzir a turbulência no habitáculo, através de deflectores elétricos automáticos, integrados na moldura do pára-brisas e atrás dos bancos traseiros), ambos incluídos incluídos no pack Cabriolet Comfort.

Para que o Classe E Cabrio possa ser utilizado de capota aberta em qualquer altura do ano, o modelo alemão está equipado com um sistema de climatização especialmente desenvolvido para descapotáveis, em que a regulação automática da temperatura actua em função da capota se encontrar aberta ou fechada.

De resto, os predicados do novo Classe E Cabrio são, na essência, os mesmos já conhecidos do seu irmão de tejadilho fixo, em termos de segurança, conectividade ou mecânicos. Aqui se incluindo a suspensão rebaixada 15 mm face à da berlina (disponível, em opção, com amortecimento adaptativo Dynamic Body Control, ou mesmo com o pneumático Air Body Control), ou a gama de motores e transmissões, o que significa que este é o primeiro descapotável da Classe E a poder dispor de tracção integral. A caixa de velocidades é sempre a automática 9G-Tronic.

Excepção a esta regra são os reforços estruturais aplicados na secção dianteira e no piso do veículo, ou o sistema anticapotamento composto pelos roll-bar de accionamento pirotécnico existentes atrás dos bancos traseiros, que se elevam automaticamente em caso de risco iminente de capotamento. E ainda a função específica para cabrios do sistema Magic Vision Control (em que canais integrados em ambos os lados da escova do limpa pára-brisas projectam o líquido de lavagem directamente na zona em frente a esta): quando a capota está aberta, é reduzida a quantidade de água aplicada, por forma a evitar que esta salpique para o interior.