O primeiro-ministro, António Costa, revelou esta terça-feira que o Governo tem a expectativa de concluir a venda do Novo Banco até ao final desta semana. Questionado pela agência Lusa se a situação do Novo Banco estaria resolvida até ao final da semana, António Costa respondeu apenas: “Sim, é essa a expectativa que temos”.

O primeiro-ministro falava no Funchal, na ilha da Madeira, onde chegou esta manhã para um dia em que terá encontros na autarquia do Funchal, com o Presidente da República e o presidente do Governo Regional.

Na passada sexta-feira, o ministro das Finanças, Mário Centeno, disse que as negociações para a venda do Novo Banco estão a evoluir a “bom ritmo”, considerando que há “condições para o acordo”, embora ainda não esteja fechado.

“As negociações no âmbito do processo do Novo Banco estão a evoluir a bom ritmo, consideramos que há condições para um acordo”, afirmou Mário Centeno em conferência de imprensa, escusando-se também a dar mais detalhes sobre o assunto.

Desde fevereiro que o Governo está a negociar a venda do Novo Banco em exclusivo com o fundo norte-americano Lone Star. Já na quinta-feira, o Governador do Banco de Portugal (BdP), Carlos Costa, revelou no parlamento que prosseguem as negociações exclusivas com o fundo norte-americano Lone Star para a venda do Novo Banco, realçando a complexidade do processo.

“A minha esperança é que depois de terminado este processo o banco de transição possa ser considerado um ‘case study’ [caso de estudo] a nível europeu”, afirmou Carlos Costa, sublinhando acreditar que o negócio vai mesmo avançar.