478kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Eurodeputado do PS chama "cigana" a deputada socialista

Este artigo tem mais de 5 anos

Eurodeputado socialista Manuel dos Santos diz que deputada do PS é "cigana" e não "só pelo aspeto". "Uma vergonha de eurodeputado", diz Galamba. Ao Observador, Luísa Salgueiro opta por não comentar.

Luísa Salgueiro é deputada do PS à Assembleia da República e candidata à câmara de Matosinhos
i

Luísa Salgueiro é deputada do PS à Assembleia da República e candidata à câmara de Matosinhos

TIAGO PETINGA/LUSA

Luísa Salgueiro é deputada do PS à Assembleia da República e candidata à câmara de Matosinhos

TIAGO PETINGA/LUSA

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

O eurodeputado socialista Manuel dos Santos apelidou a deputada socialista Luísa Salgueiro de “cigana”. Numa publicação na sua página de Twitter, Manuel dos Santos, natural de Matosinhos, acusa a deputada e candidata à câmara de Matosinhos de ser “cigana não só pelo aspeto, mas também porque paga os favores que recebe com votos alinhados com os centralistas”. Rui Tavares, ex-eurodeputado eleito pelo Bloco de Esquerda, e João Galamba, porta-voz do PS, falam em “racismo” e “numa vergonha de eurodeputado”.

Começou por ser uma consideração sobre a votação dos deputados portugueses de Lisboa como sede da Agência Europeia do Medicamento, mas depressa extrapolou para considerações pessoais sobre uma deputada em concreto. “Entre os deputados socialistas que votaram Lisboa como sede da Agência Europeia do Medicamento esteve Luísa Salgueiro, dita a cigana”, começou por dizer o eurodeputado socialista.

E prosseguiu: “Luísa Salgueiro, desconhecida deputada em Lisboa, reside na Maia, é protegida por Costa e Pizarro e vai ser candidata à câmara de Matosinhos”.

O ex-eurodeputado eleito pelo Bloco de Esquerda Rui Tavares reagiu dizendo ser “lamentável” e inaceitável. “Não posso achar aceitável que um deputado ao Parlamento Europeu se exprima nestes termos racistas”, escreveu. João Galamba, deputado e porta-voz do PS, comentou dizendo que Manuel dos Santos era “uma vergonha de MEP (eurodeputado)”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

“Não achas tu e não acha ninguém. Uma vergonha de MEP”, escreveu João Galamba.

Ao Observador, Luísa Salgueiro, que esta sexta-feira pelas 18h vai inaugurar a sede da sua candidatura a Matosinhos, optou por não comentar o caso.

Contactado pelo Observador, Manuel dos Santos não se mostrou disponível para comentar. Minutos depois, contudo, reagiria na sua página de Twitter, rejeitando as acusações de “racismo”. “Não respondo a grupos organizados das redes sociais, dedicados a reverter (excelente expressão) afirmações fora de contexto para ataques”, disse, acrescentando: “Claro que não sou racista”.

Entretanto, Carlos Zorrinho, que ao Público tinha afirmado: “Pessoalmente, não considero que esteja a fazer essas declarações como eurodeputado”, acabou por publicar um tweet repudiando as declarações de Manuel dos Santos:

Ana Paula Vitorino, ministra do Mar e também dirigente socialista, escreveu sobre o caso na sua conta de facebook, considerando as afirmações do eurodeputado do PS “xenófobas e racistas, impróprias portanto de um regime democrático”.

Tiago Barbosa Ribeiro, outro deputado socialista, usa palavras duras na crítica a Manuel dos Santos, acusando-o de misoginia, racismo e xenofobia, dizendo que o eurodeputado é “uma vergonha para os socialistas”.

E também o deputado Porfíro Silva, que diz que Manuel dos Santos não merece sequer ser militante do partido.

Um eurodeputado eleito nas listas do PS que usa o qualificativo "cigana" como insulto não merece sequer continuar a ser…

Posted by Porfírio Silva on Friday, June 16, 2017

A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.