Rádio Observador

António Costa

António Costa em Bruxelas para homenagem a Mário Soares e encontros institucionais

113

António Costa tem uma agenda preenchida em Bruxelas, com passagem por quatro instituições da União Europeia. O Parlamento vai ter uma sala com o nome de Mário Soares numa homenagem pelo seu percurso.

NUNO VEIGA/LUSA

O primeiro-ministro estará na quarta-feira em Bruxelas para participar numa homenagem do Parlamento Europeu a Mário Soares, tendo ainda previstos encontros com os presidentes do Conselho Europeu e da Comissão Europeia e uma intervenção no Comité das Regiões.

Nesta curta deslocação de um dia a Bruxelas, António Costa tem uma agenda preenchida, com passagem por quatro instituições da União Europeia, entre as quais o Parlamento Europeu (PE), que vai passar a ter uma sala com o nome do antigo chefe de Estado e de Governo Mário Soares, falecido há um ano (7 de janeiro de 2017), aos 92 anos.

Por proposta da delegação portuguesa dos deputados socialistas no Parlamento Europeu, subscrita pelo Presidente do Grupo dos Socialistas e Democratas (S&D) Gianni Pitella, e apoiada pelo presidente da assembleia, Antonio Tajani, uma das salas do Parlamento em Bruxelas, habitualmente utilizada para reuniões de comissões parlamentares, será “batizada” com o nome de Mário Soares, como forma de reconhecimento do seu “percurso enquanto protagonista de grande relevância na construção do projeto europeu”. Cofundador do Partido Socialista e antigo chefe de Estado e de Governo, Mário Soares foi deputado europeu entre 1999 e 2004.

Na cerimónia participarão, além do primeiro-ministro, os eurodeputados Carlos Zorrinho e Pedro Silva Pereira (presidente e vice-presidente da delegação socialista portuguesa, respetivamente), os filhos de Mário Soares, João e Isabel Soares, o ex-primeiro-ministro de Espanha Felipe González, e Gianni Pitella, entre outros.

Antes e depois de participar na homenagem no Parlamento Europeu, onde fará uma intervenção ao final da manhã, António Costa tem uma agenda preenchida, com início às 10h00 locais (9h00 de Lisboa), com um encontro com o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, e culminará à noite com um jantar de trabalho com o presidente da Comissão, Jean-Claude Juncker, em encontros dominados por questões sobre o futuro da Europa.

À tarde, o primeiro-ministro intervirá na sessão plenária do Comité das Regiões, na qual, segundo indicou à Lusa fonte governamental, voltará a fazer a defesa da política de coesão e sublinhará a importância do papel das regiões e municípios no processo de construção europeia.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Política

Portugal: um país anestesiado

José Pinto

A um país anestesiado basta acenar com o Simplex, versão revisitada. Ninguém vai questionar. A anestesia é de efeito prolongado. O problema é se o país entra em coma.

Política

Bem-vindo Donald Trump, António Costa merece!

Gabriel Mithá Ribeiro

A direita em Portugal, e o PSD muito em particular, nunca foram capazes de afirmar um discurso sociológico autónomo. CDS-PP e PSD insistem em nem sequer o tentar, mesmo quando se aproximam eleições.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)