PSP

Polícia recupera três pistolas Glock roubadas da PSP de Lisboa há um ano

163

Três das 57 pistolas Glock roubadas da sede da PSP em Lisboa foram apreendidas durante uma operação desta força de segurança, no domingo, em Odivelas, avança o Diário de Notícias.

JOÃO PORFÍRIO/OBSERVADOR

A PSP recuperou três das 57 pistolas Glock roubadas há mais de um ano da sede da PSP em Lisboa, avança o Diário de Notícias. As armas foram apreendidas na sequência de uma operação de combate ao tráfico de droga, em Odivelas, que levou à detenção de duas pessoas.

Durante a operação da PSP, que aconteceu no domingo, foram ainda apreendidos 675 quilos de haxixe e armas de outros tipos. A investigação está a ser conduzida pela própria PSP, por determinação do Ministério Público.

Na altura, para além das 57 armas roubadas desapareceram também munições de 9 mm, fazendo deste o maior roubo de armas de sempre de uma força de segurança.

O inquérito interno da PSP, instaurado por ordem de Constança Urbano de Sousa, então ministra da Administração Interna, identificou “falhas de supervisão e controlo” no Departamento de Apoio Geral (DAG), que tinha responsabilidade pelo armazém.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)