Pelo menos quatro palestinianos morreram esta sexta-feira na sequência de um “ataque em grande escala” lançado pela força aérea israelita contra alvos militares do Hamas em Gaza. Segundo a CNN, que cita uma declaração do exército israelita, a operação militar teve lugar esta sexta-feira.

As forças de defesa israelitas afirmam que o ataque foi uma resposta ao incidente em que vários soldados israelitas foram alvejados durante uma manifestação palestiniana, na zona do gradeamento que separa Israel de Gaza.

As baixas entre os palestinianos foram confirmadas pelo gabinete do Ministro da Saúde Palestiniano. Ainda não há dados concretos sobre as baixas registadas no lado israelita.

O clima de tensão tem vindo a aumentar ao longo dos últimos meses, já tendo sido registados alguns episódios de violência. Nas últimas semanas, forças palestinianas têm tentado atacar território israelita ateando fogos, com recurso a balões ou a papagaios lançados a partir de Gaza.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Nas últimas semanas têm vindo a acumular-se as acusações de uso excessivo de força por parte das tropas israelitas, alegações que têm sido negadas por Telavive.

Fontes oficiais em Israel defendem que o Hamas tem orquestrado estes protestos e que a resposta das autoridades israelitas passam, sobretudo, por restrições mais apertadas ao fluxo de mercadorias que entram ou saem dos territórios ocupados.