O foguetão Falcon 9 da empresa criada por Elon Musk, SpaceX, descolou e aterrou este domingo na costa californiana. Este foi o sexagésimo segundo voo do foguetão e a décima segunda vez que pousou em terra com sucesso, mas a primeiro vez que o fez na costa oeste dos Estados Unidos, refere o site The Verge.

Uma das mais valias que se espera dos foguetões da SpaceX é que alguns dos seus componentes sejam reutilizáveis, logo que sejam capazes de pousar num local sem se destruírem e que seja possível recuperá-los. Até agora o Falcon 9 já tinha aterrado 11 vezes em Cabo Canaveral, na Flórida (do lado este do país). É também em Cabo Canaveral que se localiza o Centro Espacial Kennedy, de onde são lançadas as naves da NASA (agência espacial norte-americana) e uma Base da Força Aérea norte-americana.

Do lado oeste, o Falcon 9 já tinha pousado em plataformas móveis no oceano Pacífico, mas a aterragem na Base da Força Aérea de Vandenberg (Califórnia) foi a primeira em terra do lado oeste. O objetivo do lançamento foi colocar dois satélites em órbita.

Esta foi a primeira vez que quem mora perto do base aérea de Vandenberg ouviram o som do motores de um foguetão. No regresso à Terra, partes do foguetão viajaram mais depressa do que a velocidade do som, o que provoca ondas de choque audíveis pelas pessoas.