Artur, 5 anos. Vestia um pólo azul e às costas levava uma mochila, quando se viu levado pela forte enxurrada de Sant Llorenç des Cardassar, em Maiorca, na passada terça-feira. A mãe, Joana Lliteras, farmacêutica em Manacor, ainda teve tempo de salvar Úrsula, a irmã do pequeno Artur de 7 anos, mas não a ele.

Artur viajava com a mãe num Hyundai preto. No mesmo carro iam também a avó (que se salvou pelo seu próprio pé) e o irmão mais velho (que acabou por ser retirado do carro por um turista alemão). O cadáver de Joana acabou por ser encontrado dentro do carro em Son Carrió, mas do Artur nada se sabe. As autoridades que continuam as operações de regaste encontraram já o pólo azul e a mochila do menino no canal da torrente de Sa Branca. Mas mais nada.

As buscas incessantes pelo menino continuam. Bombeiros, mergulhadores, cães especializados e Guarda Civil. No total são cerca de 900 homens que procuram por céu, mar e terra. ”Estamos a procurar, a afastar os arbustos, mas continua muito difícil. Há muitas ervas daninhas e sedimentos que foram arrastados pelas cheias”, explica um dos militares da Unidade Militar de Emergências (UE) ao El País.

A família encontrava-se em Sant Llorenç por acaso. Viviam em Manacor, onde a mãe, filha de médicos, tinha uma farmácia.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

No total 12 pessoas morreram no canal de Ses Plane, que arrastou todos os carros que encontrou com pessoas no seu interior.

Tromba de água e cheias causam doze mortes em Maiorca. Há oficialmente um desaparecido

Muitos dos veículos continuam empilhados dentro do local, que tem apenas 10 metros de largura. Mas a prioridade agora é encontrar Artur e limpar todo o rasto de destruição.

De acordo com o jornal El Español, minutos antes do temporal a mãe de Artur contactou o marido, que estava de viagem em Londres, mas não o alarmou. Apenas lhe disse que estava num engarrafamento. Depois, tudo mudou.

Segundo o jornal El País, a família de Joana Lliteras publicou um artigo nos jornais Ultima Hora e Diario de Mallorca onde procura o ciclista que salvou Úrsula. A família pretende agradecer-lhe o gesto.