Cristiano Ronaldo

Polícia de Las Vegas pede a Ronaldo amostras de ADN para investigar alegada violação

159

Cristiano Ronaldo vai ser obrigado a entregar amostras de ADN à polícia de Las Vegas na sequência do caso de alegada violação a Kathryn Mayorga. O jogador diz estar disposto a "colaborar a 100%".

O futebolista é acusado de ter forçado violado Kathryn Mayorga num quarto de hotel em Las Vegas, em 2009

AFP/Getty Images

O internacional português Cristiano Ronaldo vai ser obrigado a entregar amostras de ADN à polícia de Las Vegas na sequência do caso de alegada violação a Kathryn Mayorga, confirmou em comunicado Peter S. Christiansen, advogado do futebolista. O futebolista está disposto a prestar toda a colaboração às autoridades.

Ronaldo manteve, como fez hoje [quinta-feira,10], que aquilo que ocorreu em Las Vegas em 2009 foi de natureza consensual, pelo que não será surpresa a presença de ADN, nem que a polícia faça disso um requerimento formal como parte da investigação”, esclarece o advogado de defesa de Ronaldo, em comunicado.

Cristiano Ronaldo, de 33 anos, terá sido informado do pedido na semana passada e está disposto a “colaborar a 100%” com as autoridades, assegurou o site TMZSports ao início da tarde, citando fontes próximas do jogador. Este pedido é meramente protocolar, em situações de alegados abusos sexuais. O português continua a reclamar inocência.

Segundo o The Wall Street Journal, a recolha de ADN servirá para comparar o material genético do jogador com o encontrado no vestido de Kathryn Mayorga, aparentemente utilizado na noite em questão. As autoridades italianas deverão recolher o material e enviá-lo à polícia de Las Vegas, responsável pela investigação.

O futebolista é acusado de ter forçado Kathryn Mayorga a praticar sexo anal num quarto de hotel em Las Vegas, em 2009. Na altura, Mayorga ainda se deslocou à polícia para apresentar queixa pelo sucedido, mas acabou por desistir da queixa e terá assinado um acordo de confidencialidade, no valor de cerca de 324 mil euros.  O processo não foi em frente por  “medo da exposição pública e de ser caracterizada como alguém que se envolveu em sexo consentido e que depois quer fazer dinheiro”, explicou o advogado de defesa de Kathryn Mayorga.

(Artigo atualizado com o comunicado do advogado de Ronaldo)

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)