Alimentação

Portugal apreendeu 99 quilos de carne de vacas doentes vindos da Polónia

5.663

O Ministério da Agricultura garante que apreendeu e destruiu toda a carne vinda de um matadouro na Polónia que escondia os sinais do mau estado da carne. A carne não terá chegado ao mercado.

São nove os países europeus que podem ter recebido carne do matadouro que está agora a ser investigado pelas autoridades polacas

Marcelo Sayão/EPA

Portugal apreendeu 99 quilos de carne de vacas doentes que tinha sido exportada pela Polónia, vinda de um matadouro que está agora em investigação. O caso foi revelado por uma televisão polaca, a TVN24, e o diretor veterinário polaco divulgou a lista de países para onde pode ter sido exportada a carne em causa. Portugal é um deles, entre Roménia, Suécia, Hungria, Estónia, Finlândia, França, Espanha, Lituânia e Eslováquia. O Ministério da Agricultura confirma que “as autoridades nacionais desencadearam de imediato todas as diligências, tendo apreendido a totalidade do lote de carne (99 Kg), que foi encaminhado para destruição”, garantindo que a carne não chegou ao mercado.

Num comunicado, o ministérios explica que “a Rede de Alerta Rápido, que integra o sistema de Segurança Alimentar da União Europeia, emitiu um alerta dando nota da deteção de um lote de carne de vaca sem condições para entrar na cadeia de consumo, com origem na Polónia, tendo como destino um operador retalhista em Portugal”.

Numa conferência de imprensa, o diretor dos serviços veterinários já tinha revelado que quase 2,700 quilos de carne foram exportados para os nove países europeus já referidos.

O caso foi conhecido através de uma reportagem exibida esta quarta-feira pela TVN24 que mostrava carne a ser preparada de forma a esconder o seu mau estado. Eram retiradas feridas, tumores e todos os sinais que pudessem revelar a falta de condições para consumo. A inspeção veterinária no matadouro era escassa ou nenhuma, de acordo com a reportagem.

O comissário europeu para a segurança alimentar alertou os Estados-membros que possam ter sido afetados para “tomarem medidas rápidas”. Entre 80 e 85% da carne produzida na Polónia tem como destino a exportação.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: rtavares@observador.pt
Eleições Europeias

Não há eleições europeias /premium

João Marques de Almeida

O parlamento europeu serve sobretudo para reforçar o poder dos grandes países, cujos partidos dominam os grupos políticos e, principalmente, as comissões parlamentares se fazem as emendas legislativas

Política

O caso Berardo e o regresso a Auschwitz

Luís Filipe Torgal

A psicologia de massas, manipulada pelos novos cénicos «chefes providenciais», vai transfigurando a história em mito, crendo num «admirável mundo novo», depreciando a democracia, diabolizando a Europa

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)