Rádio Observador

Catalunha

PP, Ciudadanos e Vox convocam manifestação em Madrid contra Pedro Sánchez

O Partido Popular (PP), Ciudadanos e Vox uniram-se para convocar uma manifestação contra Pedro Sánchez no próximo domingo. A concentração vai realizar-se às 11h, em Madrid.

Pedro Sánchez, presidente do governo espanhol

Ballesteros/EPA

O Partido Popular (PP), Ciudadanos e Vox uniram-se para convocar uma manifestação contra Pedro Sánchez, noticia o jornal espanhol ABC. A concentração foi convocada para as 11 da manhã do próximo domingo, na Plaza de Colón, em Madrid.

A ação vem no seguimento de o Governo Espanhol ter aceitado nomear um relator ou mediador para as negociações com os independentistas da Catalunha. Segundo o jornal Público, na passada terça-feira, a Esquerda Republicana da Catalunha (ERC) fez várias exigências ao governo espanhol, e avisou que caso não fossem consideradas, o Orçamento (cuja aprovação depende dos votos deste partido) iria chumbar. Havendo um risco de tal acontecer, Sánchez falou com os partidos catalães, e aceitou a existência de um coordenador, ou relator, ou mediador nas negociações com o governo catalão. A vice-presidente do governo, Carmen Calvo, explicou que vai ser uma figura que “possa tomar notas, e que possa convocar reuniões”.

Os partidos de centro-direita não concordaram com a decisão, e quiseram agir. O líder do PP, Pablo Casado, trocou mensagens com o líder dos Ciudadanos, Albert Rivera, e conversou com o líder da Vox, Santiago Abascal, para poderem coordenar a resposta ao sucedido. De acordo com o jornal Diário de Notícias, Pablo Casado não descarta a hipótese de pedir uma moção de censura ao governo, e referiu que Sánchez é “ilegítimo por pactuar com golpistas e deixar-se chantagear por quem quer romper com a Espanha”. Para além disso, chamou-o de “medíocre”, “o maior traidor” e “mentiroso compulsivo”, lançando um apelo à mobilização da população.

Também na rede social Twitter, Albert Rivera apelou à participação de todos os espanhóis na manifestação. Rivera afirma que a eventual aceitação de um “relator” para as conversações com a Catalunha é uma “humilhação permanente”. Ao contrário do líder do PP, Albert Rivera é contra a moção de censura, e prefere que seja feita pressão a Sánchez para convocar eleições antecipadas.

Santiago Abascal, líder da Vox, apelou também no seu Twitter: “Acima de diferenças partidárias”, todos os espanhóis devem fazer parte da mobilização. “É preciso afastar este governo traidor que está agarrado aos golpistas”, escreveu.

Não queremos ser todos iguais, pois não?

Maio de 2014, nasceu o Observador. Junho de 2019, nasceu a Rádio Observador.

Há cinco anos poucos acreditavam que era possível criar um novo jornal de qualidade em Portugal, ainda por cima só online. Foi possível. Agora chegou a vez da rádio, de novo construída em moldes que rompem com as rotinas e os hábitos estabelecidos.

Nestes anos o caminho do Observador foi feito sem compromissos. Nunca sacrificámos a procura do máximo rigor no nosso jornalismo, tal como nunca abdicámos de uma feroz independência, sem concessões. Ao mesmo tempo não fomos na onda – o Observador quis ser diferente dos outros órgãos de informação, porque não queremos ser todos iguais, nem pensar todos da mesma maneira, pois não?

Fizemos este caminho passo a passo, contando com os nossos leitores, que todos os meses são mais. E, desde há pouco mais de um ano, com os leitores que são também nossos assinantes. Cada novo passo que damos depende deles, pelo que não temos outra forma de o dizer – se é leitor do Observador, se gosta do Observador, se sente falta do Observador, se acha que o Observador é necessário para que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia, então dê o pequeno passo de fazer uma assinatura.

Não custa nada – ou custa muito pouco. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)