Francesco Cali foi assassinado em Nova Iorque por um homem desconhecido. O New York Times avança que o homicida baleou Francesco Cali por seis vezes e o atropelou ao fugir do local. Desde 2015 que Cali era o líder da família Gambino, uma das cinco organizações mafiosas a operar em Nova Iorque.

A família de Francesco Cali viu o ataque — à porta da casa de Cali, em Staten Island — e tentou assistir o líder mafioso, mas foi um vizinho a chamar a polícia. O mesmo jornal indica que o assassino não foi identificado, e que a polícia não indica motivos para o ataque, mas que uma carrinha azul foi vista a abandonar o local.

De acordo com a BBC, este é o primeiro assassinato propositado de um chefe da máfia nova-iorquina desde 1985. A 16 de dezembro desse ano, o então líder da família Gambino, Paul Castellano, foi morto a tiro à porta de um restaurante. Nunca houve uma condenação pelo homicídio, mas considera-se que foi John Gotti quem encomendou o assassinato de Paul Castellano. Gotti liderou a família Gambino de 1985 ativamente até à sua prisão em 1990.