Rádio Observador

SEAT

Seat Mii Electric (barato) chega ainda este ano

O Skoda Citigoe iV deu o pontapé de saída e a Seat prossegue o jogo. Na ofensiva eléctrica do construtor espanhol, entra em campo o Mii a bateria. As pré-vendas do EV “acessível” arrancam em Setembro.

A Seat acaba de confirmar que a gama do pequeno Mii vai ser reforçada com a introdução de uma nova variante puramente eléctrica. Prometendo ser “um dos veículos eléctricos mais acessíveis disponíveis”, o novo Mii Electric chegará ao mercado ainda antes do final de 2019, sendo que os clientes potencialmente compradores do citadino espanhol podem começar a sinalizar o seu interesse no próximo mês de Setembro, altura em que arrancam as pré-vendas.

Antes disso, a Seat vai apresentar o seu primeiro modelo 100% eléctrico em Oslo. A capital norueguesa é a primeira etapa do “Seat on Tour”, iniciativa que se estreia neste Verão e que vai levar as últimas novidades da marca (e também da Cupra) a “alguns dos países mais estratégicos para a empresa”. Assim, depois de visitar a Noruega, o novo Seat Mii Electric vai dar-se a conhecer no Reino Unido (Liverpool, 18 de Junho), França (Paris, final de Setembro) e Itália (Milão, Novembro).

Para já a marca não adianta mais detalhes, mas não será despropositado esperar que o Mii zero emissões recorra aos mesmos argumentos que o recém-revelado Citigoe iV esgrime. O primeiro Skoda eléctrico, que também promete ser um dos mais baratos no mercado, possui um motor de 83 cv e 210 Nm que impulsiona o eixo dianteiro, sendo alimentado por uma nova bateria de iões de lítio com 36,8 kWh de capacidade. Este é, essencialmente, o seu grande trunfo, pois permite-lhe quase duplicar a autonomia do actual Volkswagen e-up!, anunciando 265 km de acordo com o protocolo de medição WLTP.

No tour europeu, o novo Mii Electric não vai estar sozinho, com a marca de Martorell a aproveitar para divulgar também os protótipos el-Born, o primeiro elétrico da Seat assente na plataforma MEB e o segundo carro do do Grupo Volkswagen que nela será construído, e o Formentor, o primeiro Cupra de raiz na forma de um SUV coupé híbrido.

Como referência mundial na mobilidade elétrica, faz todo o sentido fazer a apresentação mundial do Mii Electric na Noruega e mostrar a mais recente tecnologia da Seat com dois produtos que chegarão ao mercado em 2020: o Seat el-Born e o Cupra Formentor. Agora é o momento e Oslo é o lugar”, defende o presidente da Seat, Luca de Meo.

O construtor espanhol, que vai liderar a estratégia de micromobilidade urbana para o Grupo Volkswagen, incluirá no périplo europeu o concept Minimó, uma espécie de Renault Twizy que continua a ser desenvolvido, tendo em vista convertê-lo numa atractiva solução para as deslocações na cidade.

Recomendador: descubra o seu carro ideal

Não percebe nada de carros, ou quer alargar os horizontes? Com uma mão-cheia de perguntas simples, ajudamo-lo a encontrar o seu carro novo ideal.

Recomendador: descubra o seu carro idealExperimentar agora

Não queremos ser todos iguais, pois não?

Maio de 2014, nasceu o Observador. Junho de 2019, nasceu a Rádio Observador.

Há cinco anos poucos acreditavam que era possível criar um novo jornal de qualidade em Portugal, ainda por cima só online. Foi possível. Agora chegou a vez da rádio, de novo construída em moldes que rompem com as rotinas e os hábitos estabelecidos.

Nestes anos o caminho do Observador foi feito sem compromissos. Nunca sacrificámos a procura do máximo rigor no nosso jornalismo, tal como nunca abdicámos de uma feroz independência, sem concessões. Ao mesmo tempo não fomos na onda – o Observador quis ser diferente dos outros de órgãos de informação, porque não queremos ser todos iguais, nem pensar todos da mesma maneira, pois não?

Fizemos este caminho passo a passo, contando com os nossos leitores, que todos os meses são mais. E, desde há pouco mais de um ano, com os leitores que são também nossos assinantes. Cada novo passo que damos depende deles, pelo que não temos outra forma de o dizer – se é leitor do Observador, se gosta do Observador, se sente falta do Observador, se acha que o Observador é necessário para que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia, então dê o pequeno passo de fazer uma assinatura.

Não custa nada – ou custa muito pouco. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: scarvalho@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)