Rádio Observador

Mercedes-Benz

Mercedes quer fazer do novo GLB um canivete suíço

Se os SUV são o tipo de veículos que mais cresce em vendas, os compactos são os que tendem a conquistar mais clientes. A Mercedes sabe disso e já vai espicaçando a curiosidade em torno do futuro GLB.

Para ir ao encontro das aspirações dos clientes que visam um SUV mais acessível e, ao mesmo tempo, espaçoso e com lugar para sete ocupantes, a Mercedes está concentrada na versão definitiva do GLB, um SUV a posicionar entre o GLA e o GLC que, conforme aqui escrevemos, ameaça seriamente o mano do segmento acima.

Como se espera que a versão de produção do GLB seja apresentada algures no decorrer do Verão – possivelmente será uma das estrelas do Salão de Frankfurt – a Mercedes vai tratando de alimentar a expectativa em torno desta nova criação. Em jeito de teaser, divulgou nas suas redes sociais uma foto do crossover visto ligeiramente de lado, com a porta do condutor aberta. Como é natural, a “escuridão” é tal que só conseguimos distinguir-lhe a silhueta e atentar na assinatura luminosa na traseira. Mas, mais importante do que mostra, é aquilo que o fabricante de Estugarda promete: o futuro GLB será “inteligente como um smartphone e tão prático como um canivete suíço” ou qualquer outra ferramenta que se distinga pela polivalência.

Como o tweet coloca em primeiro plano o canivete suíço, tudo indica que o SUV vai procurar impor-se no mercado, sobretudo, pela funcionalidade e versatilidade. Aí, o seu grande trunfo residirá desde logo no facto de oferecer espaço para sete ocupantes, graças a uma opcional terceira fila de bancos. Um expediente que nenhum concorrente neste segmento oferece, para já e que nem o seu mano da classe acima, o GLC, propõe aos seus clientes. Como se isso não bastasse, o novo GLB deverá ser mais barato que o GLC, apesar de pouco perder em dimensões para este. E isso é expectável, desde logo, por uma questão de posicionamento e depois porque o novo crossover vai herdar grande parte das tecnologias que já servem os compactos da casa, além de ser montado numa arquitectura que já serve os Classe A, B e seus derivados – a plataforma MFA.

Quanto à estética, é quase seguro que a marca da estrela vai proceder a alterações mínimas no concept, dada a boa receptividade colhida pelo protótipo. Assim, é de esperar que as jantes de dimensões generosas e os pneus gigantescos cedam lugar a um “calçado” mais discreto, da mesma forma que é pouco provável que a versão de produção em série do GLB venha equipada com projectores no tejadilho…

Comparador de carros novos

Compare até quatro, de entre todos os carros disponíveis no mercado, lado a lado.

Comparador de carros novosExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: scarvalho@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)