Tal como já aqui tínhamos mostrado, o mais sonante lançamento da Mercedes no Salão de Frankfurt seria um concept a antecipar o futuro EQS, que chegará às estradas nos próximos anos. E confirma-se: o fabricante alemão já apresentou oficialmente o Vision EQS, protótipo que segue a linha de design dos restantes elementos da família EQ, embora os apimente com pormenores que, julgamos nós, dificilmente passarão para uma versão de produção.

9 fotos

Senhor de uma imagem atraente, com a curvatura do tejadilho claramente a perseguir um ar de coupé, o concept usa e abusa dos efeitos luminosos, como que para enfatizar o facto de estarmos perante um modelo… eléctrico. Na frente, uma tira de luz promove a ligação do capot à “grelha”, que por sua vez é desenhada pelos efeitos azuis da iluminação, composta por 188 LED. Já os faróis possuem “lentes holográficas”, o que será sinónimo de uma série de possibilidades a nível da respectiva configuração. De gosto mais discutível, eventualmente, são as 299 estrelas vermelhas que “varrem” o topo da secção traseira, embora seja bem evidente o logo da marca no portão da bagageira.

Para conceber o interior, os estilistas da Mercedes optaram por “mergulhar” no universo dos iates de luxo e daí beber inspiração. O resultado não é um volante em forma de leme, apesar de os pedais e do volante se manterem por a marca defender que, mesmo com sistemas autónomos, não será tão depressa que o condutor estará na disponibilidade de abdicar por completo dos seus comandos. O habitáculo reflecte essa inspiração náutica, sobretudo, no design e na decoração do tablier, mas também na escolha dos materiais, tendo a aposta recaído num acabamento composto por microfibras obtidas a partir da reciclagem de garrafas PET retiradas dos oceanos.

8 fotos

Assente numa nova plataforma modular para veículos eléctricos, o Vision EQS oferece tracção integral (monta motores nos dois eixos) e mais de 476 cv, prometendo uma autonomia na casa dos 700 km e a capacidade de repor até 80% da energia na bateria em menos de 20 minutos, se ligado a um posto de carregamento de 350 kW. Segundo a Mercedes, o showcar que antecipa o EQS passa pelos 100 km/h em menos de 4,5 segundos, podendo apontar o velocímetro aos 200 km/h (o limite estabelecido).