A Seat e sua marca desportiva Cupra dão sinais, mais uma vez, que querem estar na linha da frente da electrificação. Depois do Mii electric e do el-Born, similar ao VW ID.3 mas com o salero da marca espanhola, ambos previstos para o próximo ano, a Seat revelou em Frankfurt dois novos modelos com diferentes níveis de electrificação.

De um lado o Tarraco FR, um SUV tradicional com um habitáculo generoso e espaço para até sete pessoas, que aqui surge com um espírito mais desportivo (FR), sem que isso belisque a sua capacidade de se assumir como o parceiro ideal para incursões dentro e fora de estrada. Com a diferença que, neste caso, fruto de montar um motor eléctrico no eixo traseiro, o maior dos modelos da Seat beneficia de quatro rodas motrizes, para resolver os problemas de tracção quando o piso está mais escorregadio.

15 fotos

Paralelamente, o Tarraco FR que disponibiliza 245 cv ao seu condutor, consegue ser um SUV veloz e rápido, embora anuncie um apetite de “passarinho” nas visitas às bombas de gasolina. Isto porque o seu motor a gasolina de 150 cv é ajudado (e muito) por uma unidade eléctrica de 116 cv, que por sua vez é alimentada por uma bateria com 13 kWh de capacidade. Além de declarar consumos médios muito reduzidos, o SUV electrificado é ainda capaz de percorrer 50 km em modo exclusivamente eléctrico. Nas deslocações mais longas, o Tarraco FR pode recorrer à gasolina para “alimentar” o seu motor principal, que ainda assim continua a usufruir da ajuda do eléctrico para lhe conter o apetite.

Talvez para chamar a atenção para o incremento de mais de 70% nas vendas globais nos primeiros oito meses do ano, a Cupra resolveu mostrar o Tavascan, o segundo modelo 100% do grupo espanhol. Concebido sobre a plataforma MEB, a mesma que também serve o VW ID.3 e o Seat el-Born, o Tavascan vai assumir-se como um SUV com aspirações a coupé desportivo. Com dois motores, um por eixo, para lhe assegurar tracção integral, o Tavascan alimenta os seus motores através de uma bateria com 77 kWh de capacidade, a maior que a MEB pode montar.

De linhas distintas, face ao que a Cupra nos habituou até aqui, o novo SUV eléctrico pode estar a apontar um novo rumo para a submarca desportiva da Seat, mais ousada e agressiva do ponto de vista do design. Com um total de 306 cv e uma autonomia de 450 km, entre recargas, o Tavascan é a interpretação espanhola do VW ID.4 e do Audi Q4 e-tron. E, face à pressão que o Grupo Volkswagen está a fazer na electrificação, é possível que se venha a conhecer a versão definitiva deste modelo ainda antes do final de 2020.