Depois das acusações do executivo norte-americano sobre a autoria do ataque à embaixada dos EUA no Iraque, o governo iraniano negou ter tido qualquer influência no acontecimento, advertindo as autoridades americanas sobre qualquer erro de cálculo e ato imprudente, mas como é habitual Donald Trump não se inibiu de fazer comentários à situação no Twitter. Desta vez, não ficou sem resposta.

A conta em inglês do Ayatollah Ali Khamenei (não verificada) citou o post original do presidente norte-americano para que tudo ficasse mais claro: “Aquele tipo ‘twitou’ que veremos o Irão ser responsabilizado pelos acontecimentos em Bagdade e que vão responder ao Irão” e, depois, deixou dois pontos em resposta a Trump: “1.º: Não podes fazer nada; 2.º: Se fosses lógico — que não és — verias que os crimes no Iraque, Afeganistão… fizeram as nações odiar-te”.

A troca de acusações entre os dois líderes escalou depois de, na terça-feira, milhares de manifestantes terem atacado a embaixada dos Estados Unidos da América em Bagdade, no Iraque, queimando bandeiras, derrubando câmaras de vigilância e gritando “morte à América”, após ataques mortais americanos a um grupo armado iraquiano pró-iraniano.